Religião

22/03/2018 | domtotal.com

Papa evoca massacre de crianças durante II Guerra Mundial

Duas sobreviventes da cidade de Lídice estiveram com Francisco

O Papa Francisco evocou nesta quarta-feira (31) no Vaticano o 75.º aniversário do “massacre” de Lídice, na República Checa, durante a II Guerra Mundial, e encontrou-se com duas das crianças de então, que sobreviveram à violência nazi.

“Saúdo cordialmente os fiéis da República Checa, em particular os participantes na peregrinação nacional presidida pelo cardeal Dominik Duka, arcebispo de Praga, por ocasião do 75.° aniversário do massacre de Lídice, obra do regime nazi”, disse Francisco, durante a audiência pública que decorreu na Praça de São Pedro.

O encontro aconteceu na véspera do Dia Mundial da Criança, recordando “as pequenas vítimas do massacre nazi”, refere o jornal do Vaticano, ‘L’Osservatore Romano’.

“Foi uma ocasião para exprimir o protesto comum contra as atrocidades que são cometidas em todas as épocas contra a população civil, em particular os menores”, acrescenta o artigo.

As crianças de Lídice foram levadas para um campo de concentração, em 1942, num ato de retaliação do regime nazi, e mortas numa câmara de gás; apenas 17 menores escaparam ao massacre.

Os peregrinos checos levaram uma imagem de Nossa Senhora de Lídice, que vai ser agora colocada na igreja romana dos Santos Marcelino e Pedro.

A Praça de São Pedro acolheu ainda uma dezena de jovens detidos no instituto penitenciário de Catania-Bicocca, acompanhados pelo capelão.


Ecclesia

TAGS




Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.